O treino de cárdio é melhor que o de força para a perda de peso? Parte 4 – Conclusão

O treino aeróbio realmente, de acordo com as referencias cientificas, faz com que se perda mais peso mas,

A combinação de treinos aeróbio/força faz perder mais gordura enquanto se ganha músculo. O verdadeiro benefício do treino de força vem do facto de o mesmo ser também um treino metabólico, portanto uma componente aeróbia.

Imagem

Então, a balança está a enganar-nos? Não, apenas fala uma linguagem diferente!Quando nos pesamos na balança apenas nos dá o peso e não a massa gorda. Peso não é massa gorda. A balança diz peso e nós pensamos gordura. Não cometa esse erro! Por outro lado, quando ganhamos peso pensamos que ganhamos gordura. Mais uma vez, errado!

Podemos ganhar ou perder peso por várias razões: água, hidratos de carbono, última refeição do dia, etc. Por isso, convém também olhar para a medida das calças, a balança durante semanas e não apenas num dia.

Treino de força e aeróbio sempre juntos!

O treino de cárdio é melhor que o de força para a perda de peso? Parte 3 Peso vs Tamanho

O músculo é mais denso que a gordura. 1 kg de músculo ocupa menos espaço que 1 kg de gordura. O músculo é 1.06Kg/l de espaço enquanto a densidade da gordura é 0.9196 kg/l.  Se ganhar 10 kg de músculo ao mesmo tempo que perde 10 kg de gordura, ficará mais pequeno. Na balança pesa o mesmo mas as calças vão ter um tamanho abaixo.

Imagem
Claro que esta é uma situação ultra-simplificada porque músculo e gordura não são as únicas variáveis no processo de perda de peso mas, mantém-se a mensagem: Perder peso é diferente de perder gordura.

Na 4.a e última parte vamos tirar as devidas conclusões